Rate this post

Esse post traz dicas de como capturar conversões do Google Ads em navegadores como Safari e Firefox.

Se você se interessa em saber mais sobre conversões e Google Ads, recomendamos também a leitura do post Google Ads: Permissão de Gerenciamento de Contas.

Google Ads e Atualizações nos Navegadores Safari e Firefox

Uma nova atualização de segurança nos navegadores da Apple e Firefox está bloqueando a configuração padrão da Captura de Conversão do Google Ads.

Se você não ficar esperto, pode estar perdendo cerca de 10-15% das conversões antes capturadas.

Prevenção Inteligente de Rastreamento

Antes de mais nada é interessante entender o que houve. A Apple está seguindo as regras sobre a nova lei de rastreamento de informações ( GDPR ).

Tal lei foi imposta pela União Europeia, em 2018, e é válida para todos os sites da web no mundo.

Os navegadores

O que o Safari e o Firefox estão fazendo é adequando o navegador.

Agora esses navegadores não permitem que cookies de sites de terceiros sejam gravados dentro do domínio do cliente.

Isso garante que sites de terceiros não acessem suas informações de navegação.

Como Capturar Conversão do Google Ads no Safari e Firefox

Para tratar de como capturar conversões do Google Ads nesses navegadores, assumimos que a configuração padrão para conversões do Google Ads já estejam feitas.

Por isso verifique se a sua conta de Google Ads já está capturando as conversões.

Rastreamento de conversões no Safari e Firefox com Google Tag Manager

Para agilizar a vida de quem trabalha com anúncios no Google Ads, dentro do Google Tag Manager (GTM ), existe uma tag pronta para resolver esse problema.

Ela se chama Conversion Linker.

Ao adicionar essa tag em todas as páginas do site, nós já resolvemos o problema da captura de conversões no Safari e Firefox.

como capturar conversões do Google Ads
Conversion LInker via GTM ( imagem da configuração no Google Tag Manager )

Feita essa configuração no GTM, agora publique seu contêiner e pronto!

Você agora já irá capturar as conversões realizadas via Safari e Firefox.

Se você não usa o Google Tag Manager para gerenciar tags no seu site, já fica nossa dica de como ela agiliza a vida de quem precisa monitorar e manter o site do seu cliente atualizado.

Referências

Inteligent Tracking Prevention –
https://webkit.org/blog/8311/intelligent-tracking-prevention-2-0/

Escreva um comentário